Twitter,Youtube, Flickr, Facebook

“Acredito que conhecer dançando seja também uma forma de respeitar e preservar a diversidade de cada povo, nos colocando humildemente como cidadãos planetários ou simples estrelas desse universo imenso. Alegria, ritmo e beleza podem ser uma forma de resistência, num mundo acelerado e massificado. Dizem os mestres do Oriente que só conseguimos tocar o coração do universo com nosso próprio coração, onde sentimos e amamos intensamente. Nesse intuito, mais uma vez nos reunimos nessa Bahia de todos os Santos para mais um encontro. Celebrar! Afinal, como dizem os gregos, opios girisi mirisi ke opios kathete vromai, ou seja, quem está em movimento exala perfumes, quem está estagnado fede.” Glaucia Rodrigues

Baixe o Folder do evento em PDF

Compartilhe:
Confira
Assista aos vídeos dos
eventos anteriores: